Home / Dicas e Tutoriais / Como Instalar o Ubuntu Dentro do Windows 10 e Rodar Aplicações do Linux no Windows
win10-plus-ubuntu-bash

Como Instalar o Ubuntu Dentro do Windows 10 e Rodar Aplicações do Linux no Windows

Olá, recentemente publiquei sobre o projeto Uuntu User Space da Microsoft em parceria com a Canonical, empresa distribuidora da distribuição Linux Ubuntu e hoje mostrarei como você poderá instalar e usá-lo em seu Windows.

Capture9

O Ubuntu User Space oficialmente não suporta a execução de aplicações gráficas. A Microsoft disse que “esta funcionalidade foi feita apenas para desenvolvedores que desejam rodar os utilitários do terminal do Linux”. Mas o chamado “Windows Subsystem for Linux” é mais poderoso que a Microsoft deixa sabermos.

É possível sim rodar aplicações gráficas do Linux, mas tenha em mente que isso ainda não é oficialmente suportado. Nem todo componente dos programas com interface gráfica irá funcionar corretamente, e por enquanto ele só suporta aplicações de 64 bits, mas a tendência é isso ficar cada vez melhor ao passo que a Microsoft desenvolve essa funcionalidade que hoje está em estado Beta.

O ambiente desktop do Linux roda sobre um servidor gráfico conhecido como “X11” ou apenas “X”, então seria necessário que este servidor gráfico estivesse instalado no Windows também para que um comando que chamasse uma aplicação gráfica instalada pudesse abri-la de forma gráfica, caso contrário, ao chamá-la iria apresentar um erro de conexão da aplicação com o servidor gráfico X.

E tem como instalar um servidor gráfico X no Windows?

Sim! Por meio de um programa chamado Xming.

Então hoje eu mostrarei como:

  • Instalar o Bash do Linux Ubuntu no Windows
  • Atualizar o Ubuntu User Space
  • Usar o Ubuntu em modo texto
  • Instalar aplicações gráficas no Ubuntu
  • Instalar o Xming no Windows
  • Rodar aplicações gráficas do Ubuntu no Windows

Vamos Lá?!

Instalação

A funcionalidade Windows Subsystem for Linux funciona apenas em versões Insider Preview do Windows 10.
Então, se você ainda não está cadastrado como um “insider”, terá que entrar no site insider.windows.com e então e cadastrar lá, para depois atualizar seu Windows para que ele venha a ser uma versão Insider também.

Vamos fazer isso?!

1 – Vá até as Configurações do Sistema/Windows Update/Windows Insider Program

insider

2 – Entre com seu e-mail que cadastrou no site do programa Insider

insider2

3 – Escolha o Modo Rápido (Fast)

insider6

4 – Volte e escolha a opção For “Developers/Developer Mode”.

insider3

5 – Volte a tela inicial do Windows Update e cheque por atualizações.

Ele irá baixar os Updates e instalar.

Obs. Funciona como uma atualização de versão do Windows, ou seja, é demorado e o computador reiniciará várias vezes no processo.

insider5

6 – Instalando a Feature

Depois que terminar a atualização, faça login normalmente e abra o painel de Controle do Windows/Programs and Features, e clique em “Turn Windows features on or off”.

insider7

7 – Habilite a opção “Windows Subsystem for Linux (Beta)”

insider8

Clique em ok e feche. O Windows irá pedir-lhe para reiniciar novamente.

E pronto, instalado!

Usando o Bash do Ubuntu no Windows.

Abra o Bash do Ubuntu, digiando Bash no Menu Iniciar.

bash-windows-launch

Agora ele irá pedir que você concorde para que ele possa baixar e instalar o Ubuntu.

bash2

Ele irá baixar e instalar tudo da Windows Store e quando tiver terminado, ele irá solicitar a você para definir um nome de usuário e senhas dele e do usuário de root.
Siga os passos entrando com nome do usuário e senha e pronto.

bash5

bash3

E agora você pode testar os comandos que desejar.
Pode testar começando com o comando lsb_release -a para ver a versão do seu Ubuntu.

bash-lsb_release

Depois poderá editar textos com o nano (qualquer texto em sua máquina), realizar conexões ssh, usar o rsync, agendar tarefas no cron e etc. Nesse estado o Ubuntu está sem “Ambiente Desktop”, ele vem com uma versão mínima, como em servidores. Mas você pode instalar programas nele agora.

Atualizando o Ubuntu

A primeira coisa a se fazer agora é atualizar o sistema usando os comandos do apt no Ubuntu.

sudo apt update

bash update

sudo apt upgrade 

bash6

Confirme com S e “mandar bala”.

Obs. Atualização 10/08/2016
Este Ubuntu é baseado na versão 14.04 LTS do Ubuntu, e nem a Canonical, nem a Microsoft garantem suporte à versão 16.04 LTS, mas é possível atualizar para esta versão com alguns comandos. Mas aí é por sua conta em risco. Mas se quiser testar, basta rodar os comandos abaixo:

sudo do-release-upgrade -f DistUpgradeViewNonInteractive -d
sudo dpkg --configure -a
sudo apt-get install -f

Rodando aplicações gráficas

Instalação XMing

Baixe o XMing clicando no botão abaixo:

Download XMing

Instale-o do jeito tradicional do Windows, ou seja, “NNF” (Next, Next…Finish)…rs

Depois de instalado, se você no último passo da instalação não escolheu a opção para executá-lo, abra-o. Quando abri-lo, ele mostrará um ícone em forma de “X” na bandeja do sistema.

Capture8

Instalação de Aplicativos Gráficos

Como eu já mencionei, o Ubuntu vem com uma instalação mínima, ou seja em modo texto, sem ambiente desktop e sem os programas que usamos quando instalamos o Ubuntu em um computador. Então agora que temos já um X server rodando no Windows, faz-se apenas necessário a instalação desses programas.

Você poderá instalar por exemplo o editor de texto gedit, por exemplo:

sudo apt install gedit

Ou o gravador de DVDs Brasero

sudo apt install brasero

Ou para os mais corajosos o ambiente desktop completo, ou seja, com todos os programas que compõe o Ambiente Desktop do Ubuntu:

sudo apt install ubuntu-desktop

Isso instalará muitos programas, no total de quase 2GB, veja só:

bash-install-tudo

Se quer instalar tudo, digite “S” e Enter.

Obs. Nem tudo foi testado e muito ainda não funcionará, mas instalando tudo talvez seja mais fácil para quem quer testar tudo o que puder.

Rodando Aplicações Gráficas

Para testar as aplicações basta digitar o comando

export DISPLAY=:0

E então basta rodar o comando que chama o programa que você deseja executar.
Por exemplo, para rodar o gedit, basta digitar gedit e dar Enter. Muito simples.

gedit

Ainda não está acreditando?

Então toma! kkk

Screenshot (52)

Screenshot (45)

Já há até mesmo aqueles que conseguiram, criando diversos “exports” do Linux, e alguns tweaks do compiz, rodar o ambiente Unity do Ubuntu completamente dentro do Windows:

unity-on-windows-10
Imagem do usuário do GitHub Guerra24, artigo do omgubuntu.com

Dica Adicional: Como Melhorar a Aparência do Terminal

Você também poderá gostar de usar a fonte Ubuntu monospace em seu terminal.

1 – Baixe a fonte Ubuntu monospace do site font.ubuntu.com.

ubuntu-font

2 – Instale a fonte Ubuntu monospace, abrindo o arquivo zip que você baixou, encontrando UbuntuMono-R.ttf, clicando duas vezes sobre ele, e em seguida, clicando em Instalar.

ubuntu-font2

3 – Habilite a fonte Ubuntu monospace no Registro do Windows. Abra o regedit e encontrar essa chave: HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\Console\TrueTypeFont e adicione uma nova string com nome “000” e valor “Ubuntu Mono”.

Screenshot (22)

Screenshot (23)

4 – Agora basta editar as preferências no terminal.

Screenshot (24)

Escolha a fonte

Screenshot (25)

Se quiser, altere a opacidade, e pronto.

Screenshot (29)

 

E Se Eu Quiser Instalar Uma Máquina Virtual com Ubuntu?

Isto é muito mais recomendável e muito mais estável. Presente no mercado há muitos anos, a criação de máquinas virtuais lhe permite instalar a distribuição Linux que desejar ou mesmo outro sistema como outro Windows ou Mac. Um excelente e gratuito programa é o Virtualbox.

Capture10

Conclusão

Embora, estejamos realizando testes, os mesmos se mostraram bem promissores, pois a maioria das coisas que testei funcionaram apropriadamente.

E se você está pensando “quem usaria isso dessa forma?”. Saiba que há muitos que adorariam.

Aos desenvolvedores que adoram trabalhar no Linux, mas muitas vezes precisam trabalhar no Windows por causa das ferramentas de desenvolvimento que usam que são aplicações do Windows como o Visual Studio por exemplo, (apesar de já poder instalá-lo no Linux) mas em paralelo precisa rodar aplicações do Linux, como por exemplo, um simples acesso ssh ou apenas tantos comandos úteis como o “find“, ou mesmo quer instalar e testar diversos servidores, agendamentos no cron, backups com o Rsync, ou BáculaServidor de Monitoramento com Zabbix, Servidor FTP, Proxy Squid, Firewall, Servidor DNS, Servidor de DHCPServidor de Arquivos com Samba, ou um Controlador de Domínio completo com Samba tambémServidor Web com Lamp, e etc e etc. Agora poderá rodar tudo isso sem custos de licenciamento e sem sair do Windows. Mas claro que, para colocar algo citado acima em produção, é muito mais recomendável instalar essas coisas em uma máquina com Linux mesmo, seja ela física ou virtual.

Saúdo aos bravos, curiosos, testers, desenvolvedores, especialistas, noobs, administradores de rede e infraestrutura de TI, e amantes da tecnologia como eu.

Abraços!

Cleuber

fontes: ubuntu, microsoft, howtogeek

Share

About cleuberadmin

Cleuber Silva Hashimoto. Administrador

2 comments

  1. Parabéns pelo post, não conhecia este recurso e vou mesmo testar quando chegar em casa, ferramenta de grande utilidade

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

eos-loki-final-8

Elementary OS 0.4 Loki Lançado – Baixe Agora!

Olá pessoal. Depois de uma angustiante ...