Home / Games / Os melhores jogos de 2014
South-Park-Stick-of-Truth-02

Os melhores jogos de 2014

Para que gosta de videogames, todo ano começa cheio de ansiedades e expectativas. Sempre há um ou outro jogo que estamos morrendo de vontade de jogar logo, e esperar aquela maldita data de lançamento é uma daquelas provações pela qual todo gamer que se preze tem que passar. E em 2014, podemos dizer que a situação é pior ainda.

Afinal de contas, temos toda uma nova geração cheia de oportunidades nascendo junto com o ano novo, e ela está trazendo uma enxurrada de games que vão nos fazer roer todas as unhas em expectativa.

Escolhemos dez entre os jogos de 2014 que estamos aguardando com mais empolgação para montar uma pequena lista de desejos. Se você não encontrar o seu gerador de ansiedade aí em baixo, pode nos contar qual é na sessão de comentários.

 

Dark Souls 2

Devo admitir que não joguei tanto Dark Souls quanto gostaria, graças à um port para PC bastante problemático e mal feito. Dito isso, o pouco que consegui curtir do jogo me deixou bastante interessado. E nervoso, já que morria a cada 10 segundos.

De qualquer forma, Dark Souls 2 parece melhorar a fórmula do seu antecessor em todos os aspectos, deixando-o inclusive mais acessível para noobs como eu sem abandonar a fórmula desafiadora hardcore pela qual a série da From Software ficou famosa.

Destiny

Destiny tem um belo potencial. O pedigree da Bungie com shooters futuristas, aliado a uma formula que parece ser bastante semelhante a de Borderlands, com coleta de loot e mecânicas de RPG, parecem formar um conjunto ideal.

Só espero que a Bungie e a Activision consigam entregar o que prometeram: um universo vasto e inexplorado que será moldado aos poucos pelos jogadores do game. Se isso acontecer, tenho certeza que Destiny será um belo sucesso.

Titanfall

Titanfall parece entregar o que Hawken prometeu e, infelizmente, não conseguiu cumprir: um shooter multiplayer divertido com mechas gigantes armados até os dentes.

MECHAS, galera. Acho que não preciso me aprofundar muito no argumento.

Super Smash Bros.

Se é lutinha ou não, pouco importa. A verdade é que Super Smash Bros é divertido para caramba desde que sua versão original, para o Nintendo 64, foi lançada lá nos finados anos 90. As versões para Wii U e 3DS provavelmente vão conseguir nos divertir tanto quanto suas antecessoras.

E tem o Mega Man em seu papel mais interessante em um jogo de videogame em muitos e muitos anos. Talvez essa seja a salvação para o nosso querido robozinho azul.

Watch Dogs

Sacanagem, Ubisoft. Nós todos já deveríamos estar jogando esse. Watch Dogs, uma das melhores surpresas da E3 de 2012, tinha data de lançamento marcada para dezembro deste ano. Mas atrasou, e nós vamos ter que esperar até fevereiro.

Bom, é a vida. Tomara que valha toda a espera, pelo menos.

SOMA

O novo projeto da Frictional games, criadora de Amnesia: The Dark Descent, tem tudo o que eu gosto de ver na descrição de um jogo: terror, sci-fi, computadores psicopatas e bizarrices inexplicáveis.

Me diga um jogo com esse combo de tags que seja ruim, e eu te dou um doce.

The Witcher 3

Pegue o maravilhoso The Witcher 2 e coloque-o em um mundo aberto maior que o de Skyrim que poderemos explorar ao nosso bel-prazer. Coloque aí gráficos melhorados, mecânicas de combate mais engajadas e um sistema de progressão de personagem mais aprofundado.

Se tudo isso não for o bastante, talvez o fato de The Witcher ter alguns dos melhores personagens, histórias e ambientações já vistos em qualquer videogame serve como a cereja no topo desse delicioso bolo.

Metal Gear Solid 5

Estamos falando de Metal Gear Solid em mundo aberto. Do que mais você precisa?

The Evil Within

Apesar de todas as evidencias apontarem para o contrário, eu ainda acredito que o gênero survivor horror tem chances de fazer um retorno triunfal na próxima geração. Quem sabe isso não comece com The Evil Within?

Afinal de contas, esse projeto está sendo tocado por Shinji Mikami, um dos pais do gênero. Sabe qual outro jogo ele criou? Resident Evil. Pois é.

South Park: Stick of Truth

South Park é uma das melhores séries de humor já criadas, e a Obsidian é uma das minhas desenvolvedoras de RPG favoritas.

Misture as duas coisas, com a garantia que os criadores de South Park Trey Parker e Matt Stone estão supervisionaram todo o projeto de perto.

 

Via: Kotaku

 

Share

About cleuberadmin

Cleuber Silva Hashimoto. Administrador

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

star-conflict

Star Conflict – Excelente Game de Batalhas Entre Naves Espaciais

Star Conflict é um game disponível ...