Home / Dicas e Tutoriais / Qual o Melhor Antivírus Pago de 2016/2017 Para Casa e Para Empresa

Qual o Melhor Antivírus Pago de 2016/2017 Para Casa e Para Empresa

Existem muitas empresas que fabricam produtos de antivírus para o seu PC com Windows e empresas que utilizam Windows em seus PCs, e que procuram fazer um produto que realmente nos proteja de tantos ataques. E sabemos que as opções de produtos gratuitos não trazem a mesma proteção que as soluções pagas.

Os produtos pagos, oferecem não apenas proteção a um número maior de ameaças, como também diversos tipos de proteção diferentes, por isso são considerados suítes de proteção, pois possuem diversos módulos de proteção e o de antivírus/antispyware é apenas um deles.

Outros módulos geralmente incluem web reputation (bloqueia a comunicação com sites contaminadores), firewall (protege seu sistema contra ataques à portas de rede), anti-phishing (protege contra armadilhas que conduzem o usuário a instalar um malware clicando em um link, por exemplo), proteção por heurística (a inteligência artificial detecta uma ameaça pelo comportamento de um programa), proteção do e-mail, proteção através de IDS (intrusion Detection System, protege contra tentativas de intrusão), e outros mais, garantindo proteção pró-ativa, impedindo que a ameaça chegue ao seu sistema e contamine-o.

Caso o sistema tenha sido contaminado, estes softwares possuem outras funcionalidades para limpararquivos infectados, excluir o malware e/ou colocar o malware na quarentena. Mas o ideal é que a proteção pró-ativa não deixe que um malware chegue a esse ponto.

Dentre as principais marcas, estão:

av-tests6

 Mas quais destas marcas são realmente efetivas na proteção e combate a estas ameaças?

Aqui vamos ver resultados de testes de algumas soluções de mercado, realizados por uma organização que fornece um relatório semestral com os resultados, chamada AV-Comparatives.

 

av-tests7

Então, aqui não há informação baseada em opinião, e sim, apenas resultados.

Você poderá conferir estes dados em av-comparatives.org para ver e os gráficos, ou baixar lá os relatórios completos em formato pdf.
Eu porém irei exibir apenas os dados mais importantes para este artigo.

Dezenas de Milhares de malwares são usados nos testes.

Análises Que Usaremos

1 – Real World Protection
2 – Malware Protection Test
3 – File Detected
4 – Heuristic Behavior
5 – False Alarm
6 – Performance

Vamos Aos Relatórios

1 – Real World Protection Test

Este provavelmente é o teste mais importante, pois testa o nível de proteção do produto no geral com todas as suas funcionalidades ligadas e não individualmente.
Este teste contém relatórios completos de ensaio dinâmico do produto a longo prazo. 
Estes testes avaliam as capacidades de proteção do “mundo real” das suítes de antivírus, com configurações padrão (incluindo todos os recursos de proteção).

Este “Teste de proteção Real-World” foi premiado e reconhecido pelo “Standortagentur Tirol” e “Award Cluster para a inovação em ciência da computação” e pelo “Governo austríaco” em 2012 e recebeu o “Award Constantinus” em 2013.

E o top 5 de 2017 foi:

1 – Avast
2 – AVG
3 – Kaspersky
4 – Trend Micro
5 – F-Secure (com um problema de falso-positivos)

Repare que ele mostra a quantidade aqui de falso-positivos também.
O falso-positivo é um ponto negativo, sendo um defeito na detecção, que ocorre quando o antivírus determina que certo software é um malware quando na verdade, ele não é.

Pode conferir também em:
http://chart.av-comparatives.org/chart1.php?chart=chart2&year=2017&month=5&sort=1&zoom=2

2 – Malware Protection Test (Novo – 2017)

Este é um novo teste que veio esse ano de 2017 para substituir o “File Detected Test” que cuidava de mostrar a taxa de detecção de malwares que estão presentes em uma máquina já infectada alojados no HD da máquina ou em uma unidade removível.

O aprimoramento deste teste de File Detected é que agora além de detectar durante as varreduras arquivos contaminados, ele também analisa a segurança dos aplicativos instalados e se eles possuem vulnerabilidades em seu funcionamento.

1 – Trend Micro (mas com problema de 29 falso positivos)
2 – Avira
3 – Panda
4 – Kaspersky
5 -Bullguard

3 – File Detected Test of Malicious Software (Setembro de 2016)

Cuida de mostrar a taxa de detecção de malwares que estão presentes em uma máquina já infectada. Ele pode estar alojado no HD da máquina ou em uma unidade removível.

Lembrando como estavam as marcas no ranking em Setembro do ano passado.

Aqui um empate entre as 12 primeiras marcas no gráfico com 99,9% de detecção.

Saiba mais em: http://chart.av-comparatives.org/chart1.php?chart=chart1&year=2016&month=9&sort=1&zoom=0

4 – Heuristic Behavior Test (2015)

Embora esse teste não seja mais realizado, os produtos ainda possuem essa funcionalidade. Então é importante lembrar-nos quais marcas foram melhor nesse aspecto dois anos atrás.

Trata de analisar a capacidade do software de antivírus usar Inteligência Artificial para detectar ameaças pelo comportamento de um software em execução, mesmo que ele não esteja catalogado como malware e o antivírus não o tenha detectado como tal. Neste caso, se algum software em execução se comporta como um malware (usa portas de rede como um, explora o sistema como um e etc), o antivírus protege o computador contra ele.

1 – Bitdefender
2 – F-Secure
3 – eScan
4 – Kaspersky
5 – BullGuard


Obs: este teste não é feito com a mesma frequência semestral dos outros. Então a última vez que ele foi feito foi em 2015

Saiba mais em: http://chart.av-comparatives.org/chart1.php?chart=chart8&year=2015&month=3&sort=1&zoom=0

5 – False Alarm Test

Este teste analisa apenas quantas ameaças detectadas na verdade não eram ameaças. Este engano cometido pelo software de antivírus é chamado de “falso positivo”.

Uma observação muito importante é que um programa antivírus que não detecta muito bem as ameaças, também poderá não detectar bem falsos positivos (por não detectar bem nada), com algumas exceções, pois há marcas que detectam bem as ameaças, e não cometem tantos enganos com falsos positivos.

Porém, nem todas as marcas que foram bem nesse teste, são marcas que podem oferecer alto nível de proteção. Já marcas que detectam demais falsos positivos, provavelmente protegem bem seu sistema, mas precisam de ajustes pelos desenvolvedores para não cometerem tantos enganos. O melhor deste teste é usá-lo juntamente com o “Real World Protection” e “File Detect Test” para saber se uma marca que protegeu bem contra ameaças, e cometeu menos enganos. Também pode-se julgar em primeiro olhar que o meio termo aqui seja aceitável (entre sétimo e décimo quarto lugar).

Saiba mais em: http://chart.av-comparatives.org/chart1.php?chart=chart6&year=2017&month=3&sort=1

6 – Performance Test

Estes testes avaliam o impacto do software anti-vírus no desempenho do sistema, como programas em execução em segundo plano – como software de proteção antivírus em tempo real – e quanto usam em porcentagem, os recursos do sistema. Ou seja se o software é muito “pesado”.

Neste teste observamos um empate técnico entre as 12 primeiras marcas, mas um sério problema entre as 4 últimas.

Saiba mais em: http://chart.av-comparatives.org/chart1.php?chart=chart4&year=2017&month=5&sort=1

Produto Para Sua Casa 2017

Parece que a disputa entre eles está ficando cada vez mais acirrada, sendo que este ano está mais difícil determinar o vencedor olhando todos os critérios.

Se analisarmos os dois principais testes, vemos que as vezes o melhor em um deles nem aparece no outro. Observe.

Posição Real World Malware Detection
1 Avast TrendMicro
2 AVG Avira
3 Kaspersky Panda
4 TrendMicro Kaspersky
5 F-Secure Bullguard

 

Vou reforçar aqui que o teste Real World Protection, é o principal teste e o resultado dele é o que deve trazer a conclusão de melhor antivírus de 2017.

Uma observação importante é que a marca Bitdefender aparece em sexto lugar no ranking abaixo do F-Secure, mas o F-Secure apresentou um problema sério de detecção tipo falso-positivos, e se este é um critério importante para você, especialmente se é para uma empresa, vale a pena levar isso em consideração.

Repare também que as marcas Kaspersky e TrendMicro são as únicas que estão presentes em posições boas nos dois testes.

As marcas sempre estão mudando de posição, mas vale ressaltar que algumas marcas sempre lideram esse ranking entre as 5 primeiras posições anualmente. Entre elas estão o Kaspersky, TrendMicro, BitDefender, F-Secure, Avira.

Consistência

Esta análise mostra com que frequência os fabricantes se mantém todo ano com o selo “Advanced+” do teste Real World Protection a cada ano desde 2009. Isso evidencia a consistência que os fabricantes mantêm a qualidade de seus produtos. Os fabricantes líderes avaliados foram o Avast, AVG, Bit Defender, F-Secure e Kaspersky. Veja abaixo.

Fabricante Prêmios Advanced+
Kaspersky 14
BitDefender 10
Avast 6
AVG 4
F-Secure 4
TrendMicro 4

 

Por esta análise, o Kaspersky é o melhor de todos os tempos.

Para mais detalhes acesse: https://chart.av-comparatives.org/chart2.php, e então escolha os fabricantes que desejar.

Destaques 2017

O destaque deste semestre de 2017 é a liderança do Avast. Pois ano passado ele não estava nem entre os 5 líderes. Também destaque para a Microsoft em Décimo lugar, (apesar de uma alta taxa de malwares não detectados), visto que nos anos anteriores ela nem se qualificou para entrar no ranking das 21 marcas.

Quanto aos outros testes:

Malware Protection: Trend Micro ganhou (mas com problema de 29 falso-positivos no teste)
File Detection:
Empate técnico entre 12 marcas
Performance Teste: Empate técnico entre as 7 primeiras marcas e depois entre a oitava e a décima segunda.
False Alarm: Empate técnico entre as 15 primeiras marcas (com detecção no máximo até 4 falso-positivos)

Campeão de 2016 – Para Casa

Como os relatórios mais interessantes saem no começo de cada ano, definindo quais foram os melhores produtos do ano anterior, vou colocar aqui os campeões de 2016.

Prêmio de “Produto do Ano”

Este prêmio é dado pela analise dos produtos durante o ano e saber se ele manteve suas qualidades de proteção o ano todo.

Repare na imagem acima que cada teste tem uma premiação que vai de 1 até 3 estrelas e as melhores marcas mantiveram 3 estrelas o ano todo.

Prêmio de Produto “Excepcional”

Os dois melhores produtos do ano depois do vencedor.

 Campeão 2017 (até agora) Para Casa

Produtos Para Empresas

Nesse caso, deve-se analisar os produtos de outra forma, pois existem diversas características importantes que devem ser levadas em consideração.

Critério Console de Administração

Outro critério interessante, mas não presente par a Av Comparatives é que se você adquirir um produto corporativo, ou seja um Servidor de Antivírus Endpoint Protection dessas marcas, com certeza as consoles de administração serão diferentes entre elas, sendo algumas melhores que outras, algumas totalmente web, outras não, algumas intuitivas e simplificadas e outras não, ou com mais opções de políticas, melhor distribuição de cliente de antivírus e etc.

Neste Caso, a Kaspersky ganhou muito a frente dos outros, pois ela é a única que ganhou 3 estrelas em todas as análises da console.

O Campeão Corporativo é o:

Lembrando que pelo critério consistência, em prêmios anuais de Advanced+, em segundo lugar vem o fabricante BitDefender.

Conclusão

Se você comprar o produto de uma das 5 ou 6 marcas listadas você estará bem protegido. Esse semestre na proteção para casa, ganhou o Avira em 2016 e o Avast em 2017 (até agora), mas lembre-se que as marcas citadas como líderes, (Kaspersky, TrendMicro, BitDefender, F-Secure, Avira, Avast e etc), essas há mais tempo lideram o ranking e por conta disso, possuem um produto no sentido de administração de suas ferramentas mais maduro.

Já para a administração de antivírus para a sua empresa, ganhou o Kaspersky, pelo conjunto de características de sua console de administração, além claro da acuidade da proteção.

Abraços,

Cleuber

About cleuberadmin

Cleuber Silva Hashimoto. Administrador

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

Como Criar Aliases e Atalhos Gráficos Para Acesso SSH e Outros Comandos

Olá pessoal, Aqui uma dica bem ...