Home / Dicas e Tutoriais / Usando o comando “vi” no Linux
linux-matrix_00382411

Usando o comando “vi” no Linux

Como parte dos últimos artigos sobre Linux, uma das coisas que eu precisava acrescentar é o uso do “vi”.
O “Vi” é um programa de edição de texto, assim como o notepad no Windows ou o Gedit no Gnome ou o KWrite do KDE.

Porem, o Vi é usado no terminal do Linux e em outros ambientes baseados em Unix/Linux. Ou seja, te possibilita editar um arquivo de texto, mesmo que você não possua uma interface gráfica no ar, e está usando apenas no modo shell, ou em um terminal do Linux.

Essencial se você usa Linux e obrigatório se administra algum servidor Linux que não tem interface gráfica instalada.

Bom, vamos lá!

Existem dois modos no Vi:

* Edição

* Comando

Modo de Edição

No modo de edição, você pode digitar a vontade como se fosse um editor de textos comum. Esse modo é iniciado no editor – a partir do shell digitando-se vi entra-se no editor – através de um dos seguintes comandos:

i = insere texto a partir do cursor atual

a = insere texto depois do cursor atual

I = insere texto no início da linha

A = insere texto no final da linha

s = substitui texto no cursor atual

S = substitui texto depois do cursor atual

o = abre uma linha abaixo do cursor atual

Modo de Comando

No modo de comando, você pode executar comandos 😉 . O modo de comando começa quando se aperta a tecla ESC. Alguns desses comandos são: substituição, inserção e procura de texto, gravação e abertura de arquivos entre outros, além de recorte, cópia e colagem de texto.

Os comandos mais usados são:

/textoquequiser = Procura Expressão (que pode ser qualquer palavra) no texto

n = Procura próxima ocorrência de Expressão no texto

N = Procura ocorrência anterior de Expressão no texto

yy = Copia linha atual do texto para memória

p = Cola conteúdo da memória no texto

dd = Apaga linha atual (e coloca na memória)

n comando : Um número n (1, 2, …) seguido de qualquer comando executa o comando n vezes

u = Desfaz última ação executada

. = Refaz última ação executada

:n = Pula para linha de número n

:w = Salva o arquivo atual

:wq = Salva o arquivo atual e sai do Vi

: x = Salva o arquivo atual e sai do Vi (equivalente) a :wq

:q = Sai do Vi

:q! = Sai do Vi , independe de salvar o conteúdo atual

:w arquivo = Salva o arquivo atual com o nome arquivo

Exercício no seu terminal:

 

1 – Crie um arquivo chamado telefone

touch telefone

2 – Acrescente alguns dados dentro dele do tipo “Meu nome – Meu Número de Telefone”

vi telefone

Use a tecla “i” para inserir

vi2

3 – Salve e feche.

Pressione Esc do teclado e depois digite :wq e pressione Enter.

vi4

3 – Verifique.
Para ver se deu certo você pode usar o comando cat para exibir o conteúdo do arquivo.

cat telefone

vi5

Pronto, viu como não é tão difícil?

Agora se quiser filtrar apenas um dado do conteúdo deste arquivo, dê uma olhada no artigo sobre o uso do “Pipe + Grep” clicando AQUI.

Abraços,

Cleuber

Share

About cleuberadmin

Cleuber Silva Hashimoto. Administrador

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

eos-loki-final-8

Elementary OS 0.4 Loki Lançado – Baixe Agora!

Olá pessoal. Depois de uma angustiante ...