Home / Notícias e Curiosidades / A primeira impressão é a que fica? Geralmente sim e vale investir!

A primeira impressão é a que fica? Geralmente sim e vale investir!

Olho no olho e aperto de mão forte nem sempre são sinônimos de causar uma boa primeira impressão em uma reunião de negócios ou em uma entrevista de emprego. O que vale mesmo é uma atitude confiante, mas sem excessos para não intimidar ou acabar irritando os outros.

A psicóloga social Amy Cuddy, da Harvard Business School, está estudando como podemos avaliar as pessoas que encontramos e o poder da primeira impressão. Em sua pesquisa, que ela apresentou ano passado na conferência TED Global, Amy revelou que a pessoa deve adotar uma postura forte, englobando a expressão corporal mesmo como levantar o queixo e endireitar os ombros. Segundo ela, fazer dessa uma concentração por dois minutos antes da reunião e entrevista, pode gerar ótimos resultados.

Essa atitude faz com que haja um aumento dos níveis de testosterona e queda nos níveis de cortisol (o hormônio do stress). Ou seja, ao se postar de uma forma confiante, você se sente mais poderoso e menos estressado, sendo o ideal para se dar bem e ter um melhor desempenho em uma entrevista de emprego ou uma apresentação em público.

Credibilidade e confiança

comunicação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo a psicóloga, ao encontrarmos pessoas ou grupos, avaliamos principalmente a credibilidade que elas nos passam e a confiança. E, quando você consegue entender como elas funcionam em conjunto, você aprende melhor a criar uma boa impressão.

“Quando formamos uma primeira impressão de outra pessoa não é realmente apenas uma, mas duas. Estamos julgando o quão amável e de confiança a pessoa é, e quais são as intenções dela e as suas competências”, explica Amy. Confira abaixo alguns fatores citados pela especialista sobre a primeira impressão:

  • Para fazer uma avaliação precisa de alguém, você deve mostrar se mostrar verdadeiro. As pessoas precisam confiar em você, a fim de serem elas mesmas.
  • O ideal é que você não seja dominante em excesso, senão as pessoas ficarão na defensiva e se fecharão ou tentarão ser mais agressivas, fazendo com que a interação não flua. Deve-se então, estabelecer confiança antes de tudo.
  • Para isso, deixe a outra pessoa falar primeiro. Você pode fazer isso simplesmente fazendo uma pergunta. Dessa forma, o outro sente a atenção nele, deixando-o se sentir compreendido.
  • Você também pode estabelecer a confiança através de uma busca de informação sobre os interesses da outra pessoa, compartilhando coisas em comum.  Basta uma rápida conversa para um grande resultado. A pesquisa de Amy mostra que cinco minutos de bate-papo antes de uma reunião profissional pode aumentar a quantidade de valor gerado na negociação.

 

Fontes: Wired Smithsonian

About cleuberadmin

Cleuber Silva Hashimoto. Administrador

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

Sem Unity, Mobile e Convergência Saiba o Que Virá No Ubuntu 17.10

Ola pessoal, Embora não seja uma ...